Como começar a fazer seu próprio marketing digital #1

C

Este artigo do meu playbook é dedicado a todas as pessoas que querem começar a fazer SEU PRÓPRIO marketing digital e não encontraram ainda um conteúdo objetivo e eficiente sobre o assunto. Se você já assistiu todos os vídeos do Youtube, já baixou inúmeros ebooks, leu artigos em blogs e no fim tudo sempre te deixava ainda mais confuso, vai ver neste artigo que começar a fazer marketing digital não é nenhum bicho de sete cabeças. 

Como começar a fazer seu próprio marketing digitalPara começar a fazer seu próprio marketing digital você precisa entender sobre como funcionam as estratégias e quais as ferramentas certas para usar. E hoje eu só vou te falar das ferramentas, por que?

Por que as estratégias além de exigirem muito estudo, exigem que você as coloque em prática para testá-las, e como você vai colocar algo em prática se você não tem a estrutura básica para fazer alguma coisa? Portanto, vamos primeiro armar o circo, e depois nos preocupamos com o espetáculo ok? Então vamos botar a mão na massa!

Conta do Gmail

Por mais que você utilize ativamente sua conta do hotmail ou do Yahoo, ou use seu email profissional você precisa de uma conta do Gmail. Isso vai facilitar muito a sua vida ao fazer cadastros nas diversas ferramentas que você vai encontrar e economizará muito tempo e paciência com isso.

Além disso a caixa de emails do Gmail é muito fácil de usar, podendo ser turbinada por meio de inúmeras extensões que eu falarei em outro artigo.

Blog ou Site

Por mais que você ache que não precisa de um site pois você tem muitos seguidores no Instagram ou muitos fãs no Facebook, você precisa entender que essas plataformas não estão sob o seu controle e podem um dia acabar, sim podem!

E não é só isso, todos os dias estas plataformas fazem mudanças que impactam diretamente na distribuição do que você publica, inventam novas regras de utilização e não permitem a você dar sua verdadeira cara ao seu perfil, limitando-se a uma foto de perfil, uma capa e alguns pequenos espaços para você dizer quem você é e mais nada.

Em um site o controle é só seu, você escolhe como vai ser, é o seu terreno, sua casa própria, e consegue atingir um público que nenhuma rede social consegue atingir, os que fazem buscas no Google. Quem não faz buscas no Google quase que diariamente hein?

Ninguém faz buscas em redes sociais quando quer tirar uma dúvida ou encontrar a solução dos seu problemas. Redes Sociais jogam conteúdo na timeline das pessoas, no Google a pessoa que decide o que quer ver, ela procura o que precisa, e você tem que estar preparado para aparecer.

Ok, as pessoas fazem buscas no Youtube diariamente também, e se o seu negócio é fazer vídeos você está fazendo certo estando lá. Mas mesmo assim ter um site ou blog é fundamental para que você ganhe mais credibilidade com um lugar onde seus espectadores possam saber mais sobre você.

Ah mas Gabriel, em um site eu não tenho tráfego, ninguém vai ver minhas publicações. Respondo esse questionamento explicando que Redes Sociais devem ser usadas gerar tráfego para o seu site, seus posts devem levar seu público para o lugar que mais expressa quem você é e o que você faz. Levando seu público ao seu site você dá mais um passo na jornada, tirando o usuário da posição de fã de posts bonitos para um cliente potencial que conhece você e sabe o que você faz.

Outro fator importante é que não são somente com redes sociais que você consegue criar uma base de fãs, com um site você também consegue fazer isso através da captura de emails das pessoas que o visitam. Mas isso vamos falar mais pra frente, quando falarmos de captação de leads.

O que importa é que vai ser para o seu site/blog que toda a sua estratégia de marketing digital será direcionada, é lá que as coisas vão acontecer.

Se você quer criar seu próprio site/blog leia o artigo que explico em detalhes como criar um blog pessoal no WordPress. Ah, procura utilizar um domínio com o seu nome ( seunome.com.br ), isso vai ajudar muito a você ser encontrado com mais facilidade, além de dar mais potência ao seu nome.

Redes Sociais

Como falei anteriormente as redes sociais são os canais de distribuição do seu conteúdo e atração do público para o seu site. É preciso entender que cada rede social tem um público, um estilo de conteúdo e um funcionamento de distribuição diferente.

Você pode ter contas em todas as redes sociais, pode postar o mesmo conteúdo em todas, mas com o tempo você perceberá qual é a sua melhor, que tem mais engajamento, e que leva mais visitantes ao seu site, e é nessa que o foco deve estar concentrado.

Decidir em quais redes sociais estar presente é uma questão de saber qual o tipo de mídia seu público gosta ( Leitura, fotos e imagens, vídeos, etc… ) e onde esse público está, se o seu negócio é vender para empresas ( B2B ) você pode focar suas publicações no Linkedin, se o seu negócio for vender direto para o consumidor ou você tem o objetivo de atingir a massa seu negócio pode estar no Instagram.

Pra mim o Facebook é a rede social onde precisamos estar para manter a presença, afinal ainda é uma das redes sociais mais utilizadas do mundo. Porém, não aponte todos os seus canhões pro Facebook.

Como assim?

Se você criou sua página do Facebook agora não espere que ela vá ser sua principal fonte de tráfego e distribuição. O Facebook tem um algoritmo que é um mistério ( inteligência artificial que decide o que vai aparecer na timeline das pessoas ), existem várias explicações sobre como funciona mas nada é garantido pois a empresa não abre essas informações, então tudo que você ler é apenas especulação de quem usa diariamente. Uma das únicas mudanças realmente divulgadas pelo Facebook no seu algoritmo, é que agora ele está dando preferência para que os posts de familiares e amigos apareçam na sua timeline, destruindo o alcance das páginas que agora só são vistos por 1% dos seus fãs nas primeiras horas. Eu até entendo, as páginas estavam tomando conta das timelines das pessoas e o Facebook estava tomado por publicações comerciais.

Com tudo isso, a única maneira de alcançar muitas pessoas é pelo compartilhamento desses 1%, que você sabe que não é bem assim para alguém compartilhar um post comercial, e esse alguém também teria que ter muita influência para mexer os ponteiros do alcance deste post.

Então é pra abandonar o facebook? Não, só não jogue nele todas as suas expectativas e o seu tempo, dedique-se a fazer conteúdo para outras redes sociais e poste isso lá no facebook também. Ter uma página no Facebook é importante principalmente para que você consiga criar anúncios que são distribuídos também no Instagram.

Uma boa maneiro de distribuir conteúdo no Facebook, é fazer isso pelo seu perfil pessoal que tem muito mais alcance e a chance de ser compartilhado por amigos é muito maior.

Lógico que essa é a minha opinião e o meu entendimento prático do assunto, se você quer a teoria sobre como funcionam os algoritmos em cada rede social, sugiro ler este artigo da Rock Content que é bem completo.

O Linkedin e o Instagram possuem funcionamentos diferentes, que “na prática” recompensam as pessoas que postam diariamente conteúdos de qualidade com mais alcance, eu considero mais justo o funcionamento. Então seu eu fosse você, pensaria em um desses dois para apoiar sua estratégia de marketing digital. Poste todos os dias e você verá nitidamente o aumento no alcance e no engajamento dos seus posts. Mas continuo a dizer, faça isso com seu perfil pessoal tanto no facebook, quanto no linkedin, quanto no Instagram.

Ah mas Gabriel… eu não gosto de misturar meu trabalho com minha vida pessoal. Sinto te dizer que você empreendedor é o seu trabalho, e se você quer fazer seus negócios fluirem usando as redes sociais você vai ter que se reinventar e começar a dar sua cara por lá. Redes Sociais são formadas por pessoas, é com pessoas que fazemos negócios, são pessoas que levam credibilidade a um negócio na internet, e donos de empresas que se escondem atrás dos logos das suas empresas estão fadados ao fracasso nessa nova era da internet. Gosto de usar esse exemplo:

Redes sociais são uma grande festa onde as empresas são penetras. Se você entrar de penetra numa festa com seu uniforme e segurando um banner da sua empresa, as pessoas vão olhar torto pra você e o máximo que vai conseguir é uma conversa com um bêbado no balcão do bar. Mas, se você entrar como uma pessoa normal ninguém vai perceber que você entrou sem ser convidado, e logo vai começar a conversar com alguém, e esse alguém vai te perguntar: – O que você faz? E então você ganha abertura para falar do seu trabalho e poder captar mais um cliente.

Então minha dica aqui é, faça seu próprio marketing pessoal nas redes sociais, use o seu nome, pois ele é o grande gerador de oportunidades. Comece a pensar em redes sociais como canais de geração de negócios, e não mais como um lugar onde você posta fotos da comida ou de suas viagens de fim de semana. O seu conteúdo deve sempre gerar impacto e ser relevante para o público que você quer atingir.

Para fechar o assunto Redes Sociais deixo a você o exercício de escolher até 3 redes que você acha que mais se enquadram com seu público e com seu produto/serviço. Para que a minha opinião não seja a única e você possa entender um pouco mais do assunto para tomar a melhor decisão sugiro ler o artigo Como escolher a melhor rede social para o seu negócio, no blog da Cristiane Thiel.

Depois disso valem algumas dicas:

  • Otimize seus perfis para que fiquem mais profissionais, preenchendo todos os campos que possam dar mais informações sobre você.
  • Crie um resumo profissional seu, um pequeno texto para que as pessoas saibam rapidamente quem é você e o que você faz.
  • Tire uma foto decente e use ela em todos os lugares, evite usar fotos diferentes.
  • Não esqueça nunca de divulgar o endereço do seu site nos seus perfis.
  • Se você for usar o instagram, transforme ele numa conta comercial, mesmo sendo o seu nome que esteja lá. Contas comerciais estão tendo privilégios na distribuição dos posts, e também você consegue ter estatísticas da sua conta para saber como as coisas estão indo.
  • No Facebook procure por grupos e entre nos que o seu público alvo está. Comece a postar seu conteúdo lá e principalmente participe curtindo e comentando os posts dos outros.
  • Crie um link do seu Whatsapp para que as pessoas consigam falar com você sem precisar adicionar seu número no telefone delas, isso facilita e muito o início de um contato. Se você não sabe como fazer isso clique aqui e siga este pequeno tutorial.
  • Prepare-se! Redes Sociais funcionam na base da consistência diária, ou seja, poste pelo menos uma vez por dia, todos os dias, contando fins de semana.
  • Para conseguir agendar seus posts e não precisar postar manualmente em cada rede social recomendo que você utilize o Hootsuite que permite que você gerencie até 3 redes sociais sem custo algum, incluindo seu perfil pessoal do facebook.

Até aqui já temos a estrutura básica da sua estratégia de marketing digital, você já tem um site que é a sua casa própria e local onde você vai mostrar tudo que sabe fazer e já tem perfis nas redes sociais que são os canais por onde você vai atrair as pessoas para o seu site. E agora? Como fazer as pessoas voltarem ao meu site, como faze-las se interessar pelo meu serviço e principalmente como faze-las entrar em contato comigo para falarmos de negócios?

Para ajudar neste processo vou falar agora de algumas ferramentas que são quase que obrigatórias no seu site para transformar visitantes em clientes.

Automação de email marketing

Este é o canal principal do seu site quando falamos em converter um visitante em lead, um lead é um visitante que demonstrou tanto interesse em você ou no seu serviço que decidiu te dar o endereço de email dele como sinal de confiança, dizendo a você assim: – Ok, estou te dando uma chance de me mostrar com mais detalhes como você pode ajudar, vamos lá!

Se você tem um site vai enviar emails sobre seu produto/serviço, se você tem um blog é por esse canal que você vai enviar seu novos artigos.

Então você começa a enviar emails falando de você, do seu conteúdo, do seu serviço ou produto até que este cliente se convença e decida comprar sua idéia. Dentro deste tópico existem inúmeras coisas que você deve ter cuidado, respeitando em cada email a etapa da jornada de compra que o seu cliente está, mas isso merece um artigo exclusivo pois é bastante extenso. Porém, o que eu quero te mostrar é como começar, como fazer bem feito é outra história.

Uma ferramenta de email marketing boa deve ter:

  • Facilidade de utilização
  • Um bom suporte
  • Uma boa taxa de entrega
  • Um bom painel de análise
  • Facilidade na gestão dos leads
  • Criador Drag and Drop ( arrasta e solta ) de formulários, pop ups e Landing pages.
  • Automação para criar fluxos de emails que são enviados automaticamente para seu leads quando eles entram na sua lista ou quando executam alguma ação nos emails que você envia.
  • Facilidade para integrar os formulários e popups ao seu site por meio de um simples plugin.
  • Facilidade de integração com outras ferramentas por meio do Zapier, IFTTT ou Integromat. ( Estas são ferramentas que servem para integrar uma ferramenta em outra e faze-las trocarem dados e informações. Este também é um assunto para outro artigo extenso, você pode não usar agora mais quando perceber que precisa já será tarde demais, então se previna agora. )

A ferramenta de email marketing que possui todas essas funcionalidades e que executa tudo com muita maestria e facilidade, pra mim é o MailerLite, que além disso tudo, ainda não tem custo algum para listas de até 1000 contatos, o que é bastante coisa para você que ainda não tem nenhum.

As funcionalidades do MailerLite não param por aí. Existem muitos pequenos detalhes que fazem dele a melhor ferramenta de email marketing do mercado para quem busca algo simples e que funcione. Eu já testei inúmeras ferramentas e todas sempre tinham algo que eu não me adaptava, e no MailerLite não tive problema algum, tudo funciona.

Para começar, crie apenas um email automático de boas vindas para as pessoas que se inscrevem na sua lista. E com o tempo vá adicionando outros emails a este fluxo.

Evite enviar emails onde o remetente é a sua empresa, mais uma vez eu digo que a pessoalidade deve prevalecer para que a estratégia funcione. Então não use contato@suaempresa.com.br, use seunome@suaempresa.com.br e o seu nome Fulano da Empresa X como remetente.

CHATBOTS

Outra ferramenta muito importante para somar na sua estratégia de Marketing Digital é um chatbot. Sim, hoje em dia é possível criar um chatbot para messenger facilmente e de graça usando ferramentas como o Manychat e integrá-lo ao seu site. Com um chatbot você cria mais um canal de comunicação super eficiente com seu visitante, onde cada pessoa que interagir com ele vira um lead onde você poderá enviar sequencias automáticas de mensagens, como por email, só que com taxas de aberturas muito mais altas pelo simples fato da notificação aparecer na tela do celular da pessoa, e não no meio de uma caixa de emails lotada.

Por ser uma novidade, as pessoas adoram conversar com chatbots, principalmente se você fizer um bem feito. Tome cuidado apenas para não ficar mandando mensagens demais por ele, o que acaba fazendo seu lead se sentir invadido demais e queimar o seu filme sendo taxado como chato.

Você também pode capturar emails pelo seu chatbot, inscrevendo automaticamente essas pessoas na sua lista do MailerLite usando uma integração via Zapier. Lembre-se o messenger é uma ferramente do Facebook, e o Facebook não é seu.

Em breve estarei disponibilizando um artigo com vídeo de como criar seu chatbot no Manychat e como integrar ele ao MailerLite.

Edição de Imagens

Se você quer publicar imagens de alto impacto e bom gosto tanto no seu site quanto nas redes sociais, você precisa do Canva. Uma ferramenta extremamente fácil de usar, onde você consegue subir suas imagens e editá-las do seu jeito, fazendo montagens, inserindo textos e muito mais.

O Canva é uma ferramenta para quem precisa criar imagens de qualidade e não tem experiência em softwares mais robustos como Illustrator ou Photoshop. O Canva possui incontáveis templates para que você não precise começar nada do zero, basta escolher um como inspiração e modificar ao seu gosto. É extremamente fácil de usar e sem custo algum pra você.

RECAPITULANDO

Até aqui você já deve ter bastante trabalho para começar a fazer seu próprio marketing digital, e logo estará pronto para otimizar essa estrutura adicionando mais ferramentas e estratégias ao seu marketing digital, vamos recapitular rapidamente:

  1. Conta do Gmail
  2. Crie seu site/blog
  3. Crie contas em 3 redes sociais
  4. Otimize seu perfil para algo profissional
  5. Poste todos os dias nas redes sociais ( inclusive sábados e domingos )
  6. Crie uma conta no Hootsuite para agendar seus posts.
  7. Crie uma conta no Canva para editar suas imagens.
  8. Crie uma conta no MailerLite para capturar leads e enviar emails pra eles.
  9. No seu site, disponibilize um formulário ou popup para cadastro na sua lista de emails.
  10. Crie uma mensagem automática de boas vindas aos leads que entram na sua lista de emails.
  11. Crie um chatbot com o Manychat

Ah, vale lembrar que até agora você não gastou quase nada para criar essa estrutura, e nem pra mantê-la, todas as ferramentas citadas possuem uma versão free muito satisfatória, tirando o site que é necessário ter o custo da hospedagem e do seu domínio.

Quando tudo isso estiver pronto partiremos para a segunda etapa do processo, que é tentar fazer as coisas andarem sozinhas criando um fluxo de automação e também vou te mostrar algumas ferramentas que vão te ajudar a acelerar algumas coisas.

Caso você não consiga cumprir algum dos passos do processo, por favor deixe seu comentário abaixo, os comentários são o termometro usado para saber se minhas palavras estão sendo claras para que você faça o que precisa ser feito. Se você não está conseguindo, cabe a mim explicar melhor.

Sobre o Autor

Gabriel Dutra

Empreendedor, profissional de marketing digital e viciado em tecnologia.

"Meu propósito é conectar pessoas, ajudando-as a entender, expressar e compartilhar seus valores e ideais através da comunicação e da tecnologia."

Sobre mim

Empreendedor, profissional de marketing digital e viciado em tecnologia.

"Meu propósito é conectar pessoas, ajudando-as a entender, expressar e compartilhar seus valores e ideais através da comunicação e da tecnologia."

Conecte-se comigo

Artigos

Categorias